spot_img
InícioMercadoPor que Geração Z não está tão interessada em dirigir?

Por que Geração Z não está tão interessada em dirigir?

Estudo feito nos Estados Unidos revela desinteresse de jovens pela obtenção da carteira de motorista

Preço da autoescola, custo de um carro, seguro mensalmente, impostos altos, gasolina cara, manutenção todo ano… Parece que a Geração Z está cada vez menos interessada em ter tanta despesa para manter um carro.

Tirar a CNH sempre foi uma maneira de obter liberdade e independência, para se locomover até os lugares sem depender de outras pessoas. Mas um novo estudo feito nos Estados Unidos revela que cada vez menos a Geração Z está ansiosa para pegar no volante. 

Uma análise conduzida pela MarketWatch Guides mostrou que apenas 3,6% dos motoristas nos Estados Unidos têm 19 anos ou menos, o que torna o grupo demográfico com menor representação nas ruas, vindo em seguida os motoristas com mais de 80 anos. 

Essa tendência é ainda mais evidente ao observar a queda na porcentagem de motoristas jovens em mais de 40 estados dos Estados Unidos entre 2012 e 2022, com Nova York liderando o declínio com uma queda de 49%.

O estudo também revela mudanças significativas na obtenção da carteira de motorista (CNH). Enquanto muitos estadunidenses costumavam obtê-la aos 16 anos, o número de jovens de 16 anos com “carteira de motorista completa” diminuiu 8,7% durante o período analisado. Isso sugere que as carteiras de motorista graduadas, em que alguns estados impõem restrições aos jovens motoristas, podem estar influenciando essa tendência. 

A Geração Z prefere usar o serviço de aplicativo de transporte por ser mais prático – Foto: Internet/Reprodução

Os dados são confirmados por estatísticas da Administração Rodoviária Federal dos Estado Unidos, que mostraram uma queda significativa no número de jovens condutores ao longo das décadas. Em 1983, 80% dos jovens de 18 anos tinham CNH, mas em 2021, esse número caiu para 60%. A tendência é ainda mais profunda entre os jovens de 16 anos, em que a obtenção da licença diminuiu de 46% para 25% no mesmo período.

Qual o motivo do desinteresse?

Diversas razões podem estar contribuindo para essa mudança. A tecnologia desempenha um papel fundamental, com smartphones permitindo que os jovens se conectem com amigos e familiares sem precisar sair de casa.

Apps de transporte, como Uber, também são um fato a considerar. Com eles é possível se locomover bem fácil e rápido, sem precisar arcar com o custo alto de ter e manter um carro, que também é um fator importante, especialmente considerando o aumento dos preços dos veículos e dos seguros nos últimos anos. 

Embora existam muitas hipóteses do motivo, uma coisa é clara: atualmente, ocorre uma mudança de comportamento entre os jovens em como preferem se deslocar e interagir com o mundo ao seu redor.

Notícias mais lidas